Turismo

Capital do estado do Acre, é uma cidade eclética na mistura de seu povo, suas crenças e seus costumes. Sofreu forte influência indígena e nordestina durante o processo de povoamento, o que resultou em um povo extremamente hospitaleiro. Visitar Rio Branco é conhecer sua história, o folclore, o jeito especial de ser de seu povo e ficar encantado com o rico artesanato, os pratos típicos e os doces caseiros, além das saborosas frutas regionais. É a marca do passado que encanta o presente. Rio Branco oferece várias opções de lazer, com bons hotéis,restaurante de comidas típicas regionais, locadoras, agências de viagem, diversos bares e boates, cinemas, lojas de artesanato e galerias comerciais.

 

Pontos Turísticos

 

Biblioteca da Floresta

A Biblioteca da Floresta possui um acervo especializado em assuntos e autores da Amazônia. Entre seus objetivos constam organizar a informação histórica e atual sobre desenvolvimento sustentável, tornar acessíveis ao público os trabalhos de pesquisa acadêmicas e técnicas, divulgando resultados de estudos, pesquisas e projetos em execução na região, promover o diálogo entre os saberes dos povos da floresta e o saber científico. Periodicamente promove exposições com temas relacionados aos seus objetivos. A biblioteca dispõe de um site (http://www.bibliotecadafloresta.ac.gov.br)

Horário de Visitação: de 2ª a 6ª feira das 8h às 21h, sábados das 14h às 21h e domingos e feriados das16h às 21h.
Localização: Parque da Maternidade próximo a Concha Acústica Jorge de Nazaré.

 

Biblioteca Pública

A Biblioteca Pública foi inaugurada em 10 de março de 1979. Em 2008 foi totalmente reestruturada, com o propósito de facilitar o acesso a um espaço público adequado para a leitura e pesquisa também através do suporte digital com acesso livre à internet, filmoteca, espaço HQ (Histórias em Quadrinhos) e ainda um espaço totalmente ambientado para o atendimento infantil com dinamização do acervo, que permite ao cidadão a oportunidade de melhor formação intelectual e cultural.

Horário de Visitação: de 2ª a 6ª feira das 8h às 21h, sábados das 10h às 20h e domingos e feriados das16h às 21h.
Localização: Avenida Getúlio Vargas, 389 Centro, CEP: 69.900-660.
Telefone: + 55 (68) 3223-1210/3223-6041.

 

Calçada da Gameleira

À margem direita do Rio Acre, em frente ao centro da capital, está situado o centro histórico mais antigo da cidade. É lá que encontramos um grande casario recém reformado cujas construções e opulências são a memória viva do apogeu da exploração da borracha e da castanha-do-brasil, vivido nas últimas décadas do século XIX e início do século XX. Destaca-se no local, o Cine Teatro Recreio antigo Cine-Eden, primeira construção erguida para servir de palco para as expressões culturais e artistas da cidade. Faz parte do conjunto, o monumento erguido à Bandeira Acreana. A reurbanização do local, carinhosamente conhecido como “Calçadão da Gameleira”, deu à cidade um novo espaço de lazer e expressão popular onde são comemoradas as datas folclóricas e cívicas. Faz parte do Sítio Histórico do Segundo Distrito, a Gameleira, árvore símbolo de perseverança e resistência que caracterizam o povo do Acre. Foi esta árvore que, no final do século XIX, serviu de marco de fundação de Rio Branco, capital do Acre.
Localização: Rua Senador Eduardo Asmar s/nº – 2º Distrito.

 

 

Casa do Artesão

Construída em 2003 pelo Governo do Estado como uma alternativa para a comercialização do artesanato acreano. Administrada pela Cooperativa de Produtos e Serviços Econômicos e Solidários do Acre – COOESA como apoio do Governo do Estado por intermédio da SETUL e SEBRAE-AC. Hoje, 100 artesões comercializam e expõem seus produtos, oferecendo peças de marchetaria, entalhe em madeira, cerâmica, bijuterias de sementes, cestaria em cipó, miniaturas em látex, trabalhos manuais, camisetas regionais, etc.

Horário de Visitação: Aberta de 2ª feira a sábado das 9h às 20h.
Localização: Parque da Maternidade, Bloco 2, Setor A.
Telefone: + 55 (68) 3223-0010.

 

casa-do-artesao

 

Casa dos Povos da Floresta

Criada com o objetivo de valorizar os povos que tradicionalmente habitam nossa região e guardar sua secular história de ocupação por índios, seringueiros e ribeirinhos, a Casa dos Povos da Floresta foi inaugurada em 14 de abril de 2003. Sua arquitetura foi inspirada na morfologia de um quelônio e nas malocas indígenas. Uma exposição permanente que retrata o imenso imaginário Amazônico, envolvendo seus mitos, lendas e cultura popular e uma exposição de artesanatos das populações tradicionais. Possui um importante acervo em vídeos e documentação relativos à História do Acre.

Horário de Visitação: 3ª a 6ª feira das 8h às 18h e das 14:30h às 20h, Sábados, Domingos e Feriados das 16h às 21h.
Localização: Parque da Maternidade, Setor B – Centro.
Telefone: + 55 (68) 3224-5667.

 

casa_povos_floresta

 

 

Catedral Nossa Senhora de Nazaré

Catedral Nossa Senhora de Nazaré – construção em estilo romano-basilical. Teve sua construção iniciada em 1948. Inaugurada em 1959 e restaurada em 2007. No seu interior, possui três naves separadas com 36 vitrais coloridos na parte superior e 11 na inferior com cenas da Via Crusis; um mausoléu protegido com grades de ferro, com lápide demarcativa em granito, guarda os restos mortais do Bispo Dom Giocondo Maria Grotti; a abóbada em arco, sustentada por 26 colunas é pintada em carmesim e branco. Na nave principal, encontram-se quatro altares, sendo um com entalhe em madeira e em painel da Sagrada Eucaristia; a Catedral do Bispo; a cadeira do sacerdote, entalhada em madeira com representação do Juízo Final, formando uma belíssima obra de arte. No alto a imagem de Cristo Crucificado encimando a mesa de celebração.

Horário de Visitação: 2ª a 6ª feira das 7h às 12h e das 14:30h às 20h, Sábados das 7h às 12:30h e Domingo das 6h às 9h e das 16h às 20h.
Localização: Praça da Catedral, Avenida Brasil, 04 – Centro.
Telefone: + 55 (68) 3223-2200/3224-1932.

 

catedral_nsra_nazare_b

 

Estádio Arena da Floresta

O Estádio de Futebol Arena da Floresta, foi construído em 2006, é um dos cinco estádios mais modernos do Brasil e possui capacidade para 13.534 espectadores acomodados em cadeiras. Essas cadeiras foram instaladas em designer moderno, com mosaicos e desenhos de animais e figuras lendárias da Amazônia, nas cores da bandeira acreana: verde, vermelho e amarelo. Seu gramado é similar ao utilizado no Maracanã. A Arena da Floresta é palco de jogos de times acreanos na disputa de campeonatos Estadual, Nacional e Internacional.

Localização: Avenida Via Chico Mendes s/nº – Bairro: Corrente.
Telefone CAT: + 55 (68) 3901-3000 / FAX: + 55 (68) 3901-3024/3901-3022.

 

Horto Florestal

Parque instalado na década de 80, foi totalmente revitalizado em 2008. Com nova iluminação, destacando o paisagismo, e a variedade da vegetação existente nos 17 hectares do parque. São seringueiras, castanheiras, açaí, patoá, abacaba, buriti, mangueiras, cupuaçus, cedros, pau d’arco, e outras que compõem a flora acreana, além da diversidade de espécies vegetais, o Horto apresenta espaços para a realização de atividades físicas, eventos e trilhas ecológicas, açude com um deck, pista de caminhada e passarela sobre o açude e equipamentos de ginástica.

Horário de Visitação: de 3ª feira a Domingo das 7h às 12h e de 13h às 17h.
Localização: Avenida Antônio da Rocha Viana, Vila Ivonete s/nº.
Telefone: + 55 (68) 3228-3933/9984-5402.

horto-florestal_01

 

 

Memorial dos Autonomistas

Inaugurado em 20 de setembro de 2002 para mostrar, difundir e preservar a história do Movimento Autonomista do Acre, movimento político responsável pela emancipação do Acre à condição de Estado. No memorial, está o túmulo do líder deste movimento José Guiomard dos Santos e de sua esposa Lídia Hames. No prédio também há uma exposição permanente contando todo o processo histórico dos Autonomistas. Anexo ao Memorial foi construído o “Theatro Hélio Melo” com capacidade para 150 pessoas, em homenagem ao grande artista acreano. Há também o “Café do Theatro”.

Horário de Visitação: 3ª a 6ª feira das 8h às 18h, Sábados, Domingos e Feriados: 16h às 21h.
Localização: Avenida Getúlio Vargas, Nº 309, Centro.
Telefone: + 55 (68) 3224-6417

 

Mercado Velho

O antigo Mercado Municipal, mais conhecido como Mercado Velho foi construído no final da década de 20, na gestão do Governador do Território, Hugo Carneiro. Sua construção foi um marco na história da urbanização de Rio Branco por ter sido a primeira grande construção em alvenaria da cidade. Recentemente passou por uma obra de revitalização que resgatou a importância do espaço e levou a população a visitá-lo com mais freqüência. No prédio do Novo Mercado Velho, os antigos comerciantes, muitos com quarenta anos de atuação no local, foram mantidos em suas vendas, bares, lojinhas de ervas e produtos religiosos. No local, também funcionam pensões, lanchonetes, cafés e uma loja de artesanato.

Horário de Funcionamento: Domingo a Domingo das 6h às 18h.

Localização: margem esquerda do Rio Acre, na Avenida Epaminondas Jácome.

 

 

Museu da Borracha

Criado pelo Dec. Estadual nº 030, de 03 de abril de 1978, por ocasião das comemorações do Centenário da Imigração Nordestina, reuni um importante acervo de peças de arqueologia, paleontologia, coleção de manuscritos e impressos da história do Acre, como jornais, revistas, fotografias, peças e documentos de diversos grupos etnográficos do Estado, objetos e utensílios de extração do látex e peças de borracha. Sua exposição oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer por meio de suas coleções, um pouco da riqueza e diversidade das práticas e crenças vivenciadas pelas comunidades tradicionais.

Horário de Visitação: (Guiadas) 3ª a 6ª feira das 8h às 18h, Sábados, Domingos e Feriados: 16h às 21h.
Localização: Avenida Ceará nº 1441 – Centro
CEP: 69.900 – 670
Telefones: + 55 (68) 3223-1202 / 3224-6505

 

museu_boracha

 

Palácio Rio Branco

O Palácio Rio Branco, sede do Governo do Acre, iniciou sua construção na década de 1920, seu projeto arquitetônico foi elaborado pelo arquiteto alemão Alberto Massler, inspirado das edificações gregas com suas colunas de ordem dóricas e jônicas na fachada principal. Inaugurado em 1930, porém, suas obras só foram concluídas no Governo de José Guiomard dos Santos em 1948. Em junho de 2002 foi revitalizado incorporando uma função cultural com exposições que apresentam as diversas fases da história do povo acreano por intermédio de textos, objetos históricos, fotografias e depoimentos. Considerado o maior projeto arquitetônico do Acre, teve seu processo de tombamento concluído em dezembro de 2005. Em 13 de junho de 2008 foi instituído oficialmente pelo Governador Binho Marques, Museu Palácio Rio Branco. No pátio do Palácio, podemos contemplar o Obelisco dos Heróis da Revolução, construído da década de 1930, em homenagem aos combatentes da Revolução Acreana e a fonte da sagração, popularmente conhecida como luminosa, construída em 25 de julho de 1948, em homenagem ao primeiro Bispo do Acre Dom Julio Matioli.

Horário de Visitação: 3ª a 6ª feira das 8h às 18h, Sábados, Domingos e Feriados: 16h às 21h. 
Localização: Avenida Getúlio Vargas, Praça Eurico Gaspar Dutra, Centro.
Telefone: + 55 (68) 3223-9340

 

 

Parque da Maternidade

Inaugurado em 28 de setembro de 2002, é a obra que melhor expressa à modernidade urbanística com valor comunitário na cidade de Rio Branco. Com uma extensão de 6.000 metros, abrange parte da cidade. Possui pista de rolamento para carros, ciclovias, calçamento para pedestre estruturado para a prática de caminhadas, playground, pista de skate, quadras de esporte, anfiteatro, biblioteca, museu, praças, restaurantes e lanchonetes. É um lugar de descontração para um bom papo, para a prática de esportes e lazer.

Telefone: + 55 (68) 3223-6100.

Parque do Tucumã

Com um estilo similar ao do Parque da Maternidade, está inserido numa região entre o conjunto Tucumã e Universitário. O parque tem cerca de 3.600 metros de extensão abrangendo a estrada Dias Martins, estendendo-se até o acesso à estrada do novo aeroporto, e à direita, numa faixa de 1.100 metros, chega ao conjunto Ruy Lino. Possui pistas sinalizadas para veículos, ciclovias, calçadas para pedestres, playground, quadras de esportes, praças namoradeiras e quiosques para lanches. O parque é muito utilizado pela população para a prática de caminhadas.

Parque  Chico Mendes

Construída em 2003 pelo Governo do Estado como uma alternativa para a comercialização do artesanato acreano. Administrada pela Cooperativa de Produtos e Serviços Econômicos e Solidários do Acre – COOESA como apoio do Governo do Estado por intermédio da SETUL e SEBRAE-AC. Hoje, 100 artesões comercializam e expõem seus produtos, oferecendo peças de marchetaria, entalhe em madeira, cerâmica, bijuterias de sementes, cestaria em cipó, miniaturas em látex, trabalhos manuais, camisetas regionais, etc.

Horário de Visitação: Aberta de 2ª feira a sábado das 9h às 18h.
Localização: AC-40 sentido Senador Guiomard , KM 7
Telefone: (68) 3221-1913.

Fonte: Portal ac.gov.br